Missão BH (Museu Abílio Barreto)

A missão troca de altar Museu Abílio Barreto, foi para nós, a continuidade da missão Pampulha ( a primeira de todas – agosto de 2013 ), e também a cereja do bolo, de todas as missões em Belo Horizonte, portanto teve um carácter especial para o MUDE e para o propósito a qual fomos chamados.

Neste museu situado na cidade Jardim, encontra-se a única construção ainda de pé em Belo Horizonte, que preserva como nenhum outro prédio, a história da nossa capital mineira. Este casarão, sede da antiga fazenda do leitão, de dois pavimentos, construída em 1883, quando existia apenas o Curral Del Rei, concentra numerosa pinacoteca (coleção de quadros de pintura), esculturas, livros, catálogos, fitas de vídeos, dissertações, recortes de jornais, textos manuscritos, mapas, plantas e projetos arquitetônicos, tendo a história de Belo Horizonte como a principal temática ligada à história de Minas Gerais e do Brasil.

Destaca-se na coleção, a comissão construtora da nova capital, com livros de registros e assinaturas dos principais construtores e idealizadores, que eram maçons, já citados na missão ( Os segredos do parque municipal ), e também pinturas em quadros com os mesmos. Comprovando a influência maçônica na construção de Belo Horizonte.

Também nos chama atenção, do lado de fora do museu, um altar elevado, em frente a um portal, bem disfarçado na praça, que acreditamos ser um dos principais portais espirituais de entrada de Belo Horizonte, onde também encontra-se uma imagem de Semíramis com Tammuz  (  Ezequiel 8: 14-15).  Dentro da casa restaurada, encontramos várias exposições de santos, imagens e também da rainha dos céus coroada. Tais fatos nos levaram a buscar de DEUS a importância deste local no mundo espiritual. Toda a história da cidade começa e é contada por ali, e portanto acreditamos ser o marco zero de Belo Horizonte, até mesmo contrariando alguns historiadores que citam outro locais. Sentimos de DEUS, a necessidade que nos faltava de realizarmos a ministração de troca de altar naquele local,  novamente, jogar abaixo a influência deste portal aberto e edificado a baal.

Até a nossa autorização para realizar a ministração nesta praça e museu foi de DEUS, explicando o porque  consideramos ser ela a cereja do bolo de todas as missões.

Atualmente, na praça, é realizado um feira de artesanato periódica, a qual a esposa do baixista e pastor da banda MUDE expõe seus trabalhos. E já havíamos tentado esta mesma autorização em outras ocasiões, sendo negadas várias vezes. E em um determinado domingo desta feira de artesanato, fomos almoçar em comunhão com este casal, e ali despretensiosamente, fomos abordados pela responsável da feira, que estaria necessitando de um músico para completar sua programação e agenda. Sentimos de DEUS comentarmos não sobre o músico, mais sobre o maior de todos, o nosso Senhor Jesus, e nos oferecemos para não só levarmos o músico, mas toda a banda para abençoar com louvores aquele lugar. E prontamente fomos autorizados.

 

No dia 22 de outubro de 2017, realizamos um maravilhoso louvor ao SENHOR naquele local, ministramos a troca de altar, e muitas pessoas que estavam ali na feira, puderam louvar e aceitar o Senhor JESUS como seu salvador. Foi um domingo maravilhoso totalmente preparado e moldado para a honra e glória de Yeshua!

Galeria de Fotos

Fotos – Missão Museu Abílio Barreto